a madrugada na cidade do interior
tem música própria
primeiro há o silêncio
depois a lua
gabando–se exuberante
no alto do céu
e, então, as cigarras insones cantam
o cachorro vigilante late
e todos os demais
que vivem no bairro
respondem em sinfonia
e, bem ao fundo
pode-se ouvir um burburinho
todos os tempos da nossa vida conversam

Foto: FRANCE. Sete. Part two. 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: