Alfabetizados conseguimos ler. Podemos até alçar a façanha da erudição; expor nossos troféus intelectuais.
Pensar, no entanto, é mais fundo. É outra forma de leitura; lugar não senso–comum, de onde se pode ser arrebatado.
Alberto Manguel mostra nos em um de seus livros um Pinóquio que não se transforma; vai à escola, mas permanece boneco.
Diz ele: […]”Quase tudo o que nos cerca nos encoraja a não pensar.”[…]

Imagem – Livros irradiantes S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: