Auto-retrato com lenço vermelho, 1917. Estamos aqui na primeira guerra mundial. O artista que tencionava participar como observador e cronista se alistou para os serviços sanitários do exército na Bélgica. Deixava-se agradar pelos idealismos e heroísmos do combate. Atormentado pelo que presenciou foi dispensado. Retrata-se em seu regresso. Esse era agora o homem nele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: