O batom alaranjado reluzente, morava no guarda –roupas. Nas ensolaradas tardes de férias a menina, que tinha asas, pedia à avó – “deixa eu passar batom em você?”
A avó escutava a menina de asas .Compreendia como são as coisas. Deitava-se na cama, fechava os olhos, nascidos há muito, fazia beicinho e, se deixava ir. 
Enquanto isso a menina brincava de coisas profundas.


(Imagem-Erica e a Mona Lisa -James Mayheu)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: