Parafraseando Drumond -, ficaram restos de suor no jeito do lugar, bastante para supor que um lugar é cheio de segredos.
Aqui Machado de Assis respirou e amou sua literatura. Imagino-o sendo surpreendido por uma frase Machadiana enquanto seu olhar singrava por entre o azul vindo do teto. Tudo paira.

One Reply to “Tudo paira”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: